Mouth Of The Architect - Quietly


Uma banda que tem passado um pouco ao lado das pessoas,mas que tem vindo a criar uma carreira bastante interessante a nivel de lançamentos.
Este ano chega mais um album o terceiro de nome Quietly,provavelmente o melhor e mais intenso deles até agora já que conseguem diversificar um pouco as coisas e dar-lhes um toque mais pessoal.
Algo que se poderia definir como arquitectura mental,no qual milhares de imagens que se vão juntado formando um puzzle sonoro que brinca um pouco com os estados e sensações.
Raivoso por momentos e de uma melancolia extrema no qual o universo Post se funde de uma maneira bastante profunda com aquela sonoridade mais introspectiva e apocalitica o resultado chega a ser brilhante em alguns momentos.
Os temas são na sua grande maioria longos e diga-se de passagem que são nestes que se encontram as coisas mais interessantes,mais trabalhadas e isso pode ser comprovado em temas como o tema titulo "Quietly","Generation of Ghosts",lindissimo no qual a vocalista(será a Julie Christmas?!) tem um papel fundamental,ou o brutal "A Beautiful Corpse" (grandes momentos do album) que chega a lembrar uma daquelas bandas de Sludge pantanoso se tocassem um hibrido meio Funeral Doom.
Acho que estes temas definem bem o ambiente do album.
Beleza e horror de mãos dadas e com muitos vultos esbranquiçados a esvoçar ao longo da hora que dura o album pela sala é uma imagem que perdura e se isto for bem assimilado acaba por se tornar em algo que se pode considerar uma experiencia musical bastante rica se procurarem coisas que vão um pouco para alem do obvio.
Mas um grande album lançado este ano de uma banda que sinceramente atingue aqui a perfeição.
http://www.megaupload.com/pt/?d=8MMTZGZ0

2 comentários:

::Andre:: disse...

Muito muito bom...

Joana Coimbra disse...

É isso mesmo, é a julie christmas que aparece lá pelo meio \o/