Ritual Chamber - The Pits of Tentacled Screams



Premonições: THOU - Heathen (release date/artwork/...)

Thou - Heathen CD. Coming 2/25/14. Pre-orders will be announced in January.
The fourth full-length album from Thou. 10 songs, roughly 74 minutes long. Recorded + mixed throughout 2013 by James Whitten at The Living Room Studio in Algiers, LA. Mastered by Adam Tucker at Signaturetone Recording in Minneapolis, MN.

Cd cover art:

Other news:
GLM016 - Thou - Tyrant 2LP - Their first full-length, finally released as a 2LP. Contains the Tyrant LP + Retaliation 12", just liked the CD. Coming mid 2014.
RELIC36 - Thou - Peasant CD (re-mastered re-issue) - Their second full-length album. Re-mastered by Adam Tucker at Signaturetone Recording. Updated art and packaging. Coming mid 2014.
RELIC60 - Thou - Collection 2CD - Still happening, as soon as we have time to make it so. A collection of the out of print EP + split material, pre-Summit.

Esoteric Burial - Stygian Evermore (demo)


Medicamentos

Malthusian - Demo MMXIII.
Um dos titulos mais espectaculares do ano..edição em tape da Invictus praticamente sold out e uma banda a ter muito em conta nos proximos tempos.


Medicação 2013

Zyk´s Asylum Best Albuns of 2013:


1 : Portal - Vexovoid
Nota - Num ano em que os regressos foram muitos, os enigmaticos australianos mostraram quem manda e quem rege as leis atualmente dentro do Death-Metal, mesmo não sendo o seu melhor album as ligeiras novidades sonoras e na produção elevaram a banda a outro nivel.
 2 : Anagnorisis - Beyond All Light
Nota - Quando o USBM vive tempos aureos, esta banda vinda do nada veio preencher um espaço vazio entre o Extreme Metal o BM e o USBM como nenhuma outra, album fenomenal e com um som demolidor.
3 : Carpe Noctem - In Terra Profugus
Nota - A Islândia para quem segue e interessa pelo Underground é uma mina de ouro e Carpe Noctem é mais um nome a juntar ao lado daquela que é a melhor banda de BM atualmente -Svartidaudi-.
4 : Cultes Des Ghoules - Henbane
Nota - Sem duvida o album BM "verdadeiro" de 13, frio, insano, malefico e carregado com um intenso cheiro a bruxaria e artes negras que lembra o Monumental Possession de Dodheimsgard...resumindo perfeição!
5 : Universe217 - Never
Nota -  Excelente surpresa vinda da Grecia, imaginem Janis Joplin, A Storm Of Light, Tiamat (dos tempos do Wildhoney), Portishead e Doom vanguardista dentro de uma sala de ensaios...conseguem?
6 : Fyrnask - Eldir Nótt
Nota - A resposta europeia ao mais alto nivel ao Cascadian Black Metal, Post-Black americano que destruiu quase por completo a concorrencia este ano...autentica viagem!
7 : Lithotome - Lithotome
Nota -  Se Portal tocasse algo derivado de Black-Metal moderno talvez soassem assim, um album fantastico que vai passar ao lado de muita gente.
8 : Terra Tenebrosa - The Purging
Nota - São claramente um caso á parte na musica extrema atual e este album prova-o novamente.
9 : Celeste - Animale(s)
Nota - Era um album em que precisavam de dar algum toque á sua sonoridade e foi conseguido, mais, fizeram não um album mas um album duplo, sem duvida a banda que dita as leis do Dark-Post-Core hoje em dia.
10 : Lake of Blood - Omnipotens Tyrannus 
Nota - A participação do Wrest de Leviathan no album, só por sim já vale uma atenção..registo longo e carregado de envolvencia que requer ouvidos bem abertos.
11 : Corrections House - Last City Zero
Nota - Superbanda, mais uma com estes senhores e não falham, Sludge/Folk/Ambient com o Kelly, Williams, Parker ao leme...
12 : Gravecode Nebula - Sempiternal Void
Nota - Este lugar estava reservado para The Ruins of Beverast...só que este album veio estragar tudo, recomendavel e se não conhecem é obrigatorio irem á procura o mais rapido possivel.
13 : Paysage d'Hiver - Das Tor
Nota - Algo parecido á queda de Darkspace no Artico...sonoridade gelida e de uma crueza monumental.
14 : Inter Arma - Sky Burial
Nota - O Sky Burial é um daqueles albuns que se não estiver em nenhuma lista este ano, quem as fez não ouviu certamente as coisas certas.
15 : Aosoth - IV : An Arrow In The Heart
Nota - O regresso mais surpreendente do ano pela qualidade aqui demostrada e que nada tem a ver com o que foi feito no passado.
16 : Ævangelist - Omen Ex Simulacra
Nota - Um album que não é para todos, mas que demonstra bem aquilo em que o Death se poderá tornar no futuro isto a julgar pelo que se ouviu de Grave Miasma, Grave Upheaval e afins..a diferença é que tanto Ævangelist como Portal ou Mitochondrion já estão noutro patamar.
17 : Sulphur Aeon - Swallowed by the Ocean's Tide
Nota - Excelente album destes alemães e como que a provar a algumas bandas de DM mais mainstream europeias andam a fazer as coisas mal..muito mal mesmo!
18 : Cult of Erinyes - Blessed Exctinction
Nota - Confesso que esperava mais, mas mesmo assim um album de qualidade dos belgas, continuo a esperar muito deles...
19 : Blood Ceremony-The Eldritch Dark
Nota - Rock, Alia O´Brien, flautas = feiticaria que me deixou completamente hipnotizado durante uns meses.
20 : Wormlust - The Feral Wisdom
Nota - Mais uma viagem guiada pelo H.V Lyngdal pelos labirintos do desespero islandês... 

E pronto lista final com os albuns do ano para o Asilo, em baixo um link se quiserem sacar para ouvirem a listagem das bandas...
Part I:
http://www40.zippyshare.com/v/94209886/file.html
Part II
http://www40.zippyshare.com/v/56204190/file.html


Best ep´s/Demo´s/Mlp´s/Split´s 2013:

Segunda parte da medicação de 2013, desta vez dedicada ás demos, ep´s e mlp´s...lá para o final da semana inicio da proxima a lista dos melhores albuns deste ano...

1º : Bolzer - Aura (ep)
2º : Irkallian Oracle - Grave Ekstasis (demo)
3º : Antinomian - Nihilum Infandum (mlp)
4º : Malthusian - Demo MMXIII (demo)
5º : Acualli - Pact of Possession (demo)
6º : Crypt Lurker - Baneful Magic,Death Worship,Necromancy Rites Archaic(ep)
7º : Nordløst - Collapse (ep)
8º : Ill Omen - Remnant Spheres Of Spiritual Equilibrium (ep)
9º : Thou - Call No Man Happy Until He Is Dead (ep)
10º : Muawijhe - Aeon (demo)
11º : Consummation - Consummation (demo)
12º : With The End In Mind - Thresholder (ep)
13º : Sun Worship - Sun Worship / Unru (split)
13º : Unru - Sun Worship / Unru (split)
14º : Merkstave - Merkstave (mlp)
15º : Tsima - Juniper (ep)
16º : Sepulchral Temple - Sepulchral Temple (ep)
17º : Navajo Witch - Skinwalker (ep)
18º : Trübe - Zone of Alienation (ep)
19º : Sea Bastard - Sea Bastard (mlp)
20º : Cursed Altar - Void.Eternal. (ep)

Mais uma vez um link com uma faixa desta lista, façam o download, ouçam e partilhem.
Part I:
http://www68.zippyshare.com/v/81385104/file.html
Part II
http://www68.zippyshare.com/v/67329193/file.html

Best Portuguese 2013:


Este ano tentei fazer um apanhado mais abrangente daquilo que se vai fazendo por cá, dai a inclusão de Ermo ou Above The Hate que poderão parecer algo deslocados..outra diferença este ano, em vez de colocar fotos dos albuns ou os links resolvi criar um link para fazerem o download com uma das faixas das bandas presentes na lista.
Para começar os 15 titulos nacionais que de uma forma ou de outra me pareceram os mais interessantes daquilo que se fez por cá..segue-se em breve a lista dos albuns internacionais
http://www38.zippyshare.com/v/3049644/file.html

1º : Angrenost - Planet Muscaria
2º : Sinistro - Cidade
3º : Mother Abyss- Burden
4º : Filii Nigrantium Infernalium - Pornokrates Deo Gratias
5º : Dementia 13 - Tales for the Carnivorous
6º : Birds - Birds
7º : Örök - Örök
8º : Ermo - Vem Por Aqui
9º : Malevolence - Antithetical
10º : Gwydion - Veteran
11º : Destroyers Of All - Into The Fire
12º : Utopium - Vicious Consolation / Virtuous Totality
13º : A Tree Of Signs - Saturn
14º : Above The Hate - We Are
15º : Qui Incenditur - Doctrine of the Six Regions

Consummation-Consummation

Australia destroys again....KILLER STUFF!!
Only Death Is Real.

Acualli-Pact of Possession


From Crepusculo Negro.
"Evil is not relative. It is not subjective. It is absolute. It presents itself instinctively with the strongest intention. It gains momentum by pain and suffering. No one is safe."


Excellent!!!

Medicamentos

Crypt Lurker-Baneful Magic, Death Worship and Necromancy Rites Archaic

E por falar neles têm novo split com Coltsblood e podem ouvir aqui:

Medicamentos



Archgoat-Jesus Spawn (White version is strictly limited to 100 copies, comes with the "Black Ink &  Metal" book by Chris Moyen / ThornCross)
Teitanblood-Purging Tongues (MLP)
Incantation-Reh and Live 1990 (White version is strictly limited to 100 copies, comes with the "Black Ink & Metal" book by Chris Moyen / ThornCross)
Funeral In Heaven / Plecto Aliquem Capite ‎– Astral Mantras Of Dyslexia (limited 500 copies)
Chris Moyen- "Black Ink & Metal" book



Malthusian-Demo MMXIII


Medicamentos

Cult of Erinyes-Golgotha (ep limitado a 500 copias)
Subvertio Deus- Illumination Of The Black Sun (ultimo lançamento da banda antes da transformação em Antinomian..limitada a 33 copias)

Premonições: Bolzer - Soma (ep)


-To any persons hitherto unaware, confused or curious as to the significance of our forthcoming second EP 'Soma', a short notice of clarification:
This 3-Track release is intended to compliment it's predecessor 'Aura' in theme and appearance. The 'spirit'/'body' concept sets a dualistic platform for a cyclic life/death introspective, revolving around war, waged in both the physical and metaphysical spheres.
'Soma' is expecting release early 2014 through the mighty Invictus Productions.


-Aura was released this year through Iron Bonehead Productions in the formats of a 12” MLP on 140g black vinyl with a 350g reverse side board jacket limited to 1000 copies and in a golden Tape version limited to 300 copies. An MCD edition is also available through Necroshrine Records.


Para recordar mais uma vez uma das musicas de 2013 e uma banda com uma sonoridade unica!

Medicamentos




Ultimas compras:
Celestial Bloodshed - Ω
Dead Congregation - Purifying Consecrated Ground
Funeral Mist - Devilry + Havoc demo 06
Cruciamentum - Convocation of Crawling Chaos
Grave Miasma - Realm of Evoked Doom
Antediluvian - λόγος
Ascension - Consolamentum (digipak)
Lord of Doubts - The Gates of Doom (oferta)
Wrathprayer - The Sun of Moloch
Cultes de Ghoules - Henbane
Mitochondrion - Antinumerology (7´)
Portal - The Sweyy (ep)

Sea Bastard-Scabrous


Sea Bastard are a doom band from Brighton on the south coast of the UK formed in July 2011 from the ashes of two Brighton doom bands, Jovian and Funeral Hag and their sound is a fusion of the two bands’ styles; the uncompromising lethargy of Jovian meeting the groove of Funeral Hag.
HEAVY A HELLL!!!

HexiS - Tenebris (official video)


From the upcoming album 'Abalam' (release: January 11, 2014) and the split 7" w/Redwood Hill (release: November 11, 2013)
All music recorded and mixed by Lewis Johns (assisted by Tony James) at The Ranch Production House, England. Mastered by Rob Gonnella and Nick Zampiello at New Alliance East, USA.

Music video by Craig Murray, filmed and editied in England.

Tributo LSK (RIP)

Um pequeno tributo á LSK, que num universo marcadamente masculino conseguiu deixar a sua marca e sobretudo carisma pelas bandas onde passou.
De Corpus Christii(live), AntaeuS, Vorkreist, Hell Militia, Ascension até Secrets of The Moon, o legado da Marianne, certamente perdurará e não será esquecido... a "Mulher do Black Metal", que era como muitos se referiam a ela...





Medicamentos







Abigor-Supreme And Immortal Is The Art Of The Devil (Limited to 300 hand-numbered copies on black vinyl & gatefold cover (XX Anniversary Release).
First 200 copies include a CD featuring Silenius´ first rehearsal May 1994 + shirt)
Bizarra Locomotiva-Bizarra Locomotiva (reedição edição normal e limitada)
The Ruins of Beverast-Blood Vaults (digipak)
Symptom-Symptom
Grave Miasma-Odori Sepulcrorum (digipak)
Year of No Light-Nord (digipak)
Chelsea Wolfe-Pain Is Beauty (digipak)
Svartidaudi-Flesh Cathedral (reedição digipak)
The Angelic Process-Coma Wearing (digipak)
Akercocke-Words That Go Unspoken, Deeds That Go Undone (2cd)
Urfaust-Ritual Music For The True Colchard
Wolves In The Throne Room-Celestial Lineage (digipak)
Shapes of Deep Water-Shapes of Deep Water (tape)

Nontinuum-Unwanted: The Songs From 2010​-​2013


Isto é só a prova de Nontinuum são muito provavelmente um dos poucos projetos que consegue unir o todo o universo do Post e criar algo imenso!!
O album anterior foi dos melhores do ano passado para mas este material aqui contido mesmo ainda incompleto e não final...é qualquer coisa de extraordinario mesmo!!
Cliquem em play ou saquem enquanto isto estiver online que é das melhores coisinhas que por ai andam na minha opinião.
3 years, 13 tracks, 80+ minutes. Anxiety, marijuana and self-reflection.
Most of the songs contained on this release are incomplete, unmixed and unmastered. Each track contains a little back-story.
Any donations go towards making a full-length album with a band in a studio.
NOTE: This is not an official release and will only be available online for a short period of time.
credits
released 21 October 2013
All tracks recorded between 2010 and 2013.
Additional writing contribution from Henry Robinson.

Funeral Mist "Trisagion" vinyl box set

Box including compiling all albums so far, “Devilry”, “Salvation” and “Maranatha”.
5 vinyls in 3 gatefold sleeves, 28 pages booklet, A1 poster and a woven patch.

Dezembro.

THOU - Call No Man Happy Until He Is Dead (ep)


Enquanto não chega um dos albuns mais aguardados do ano (o duplo Heathen), fica aqui um pequeno tesouro para quem gosta da banda.
Trata-se de um antigo ep feito pela banda antes da entrada do vocalista Bryan Funck, onde se notam claramente as influencias do grunge (Jerry Cantrell no meio da faixa titulo por ex) que eles nunca esconderam..só que aqui enrolado numa sonoridade quase proxima do Death/Doom lembrando por vezes algo proximo de Horn of The Rhino, Samothrace ou aquelas bandas mais extremas do lado mais vanguardista/Post de uma Profound Lore..
A voz do Matthew é excelente (autentica surpresa!!) e encaixa como uma luva no ambiente mais liberto (quando comparado com o que fazem hoje em dia) que aqui se sente...e depois é qualidade do costume de uma das melhores bandas da atualidade e uma das minhas favoritas dos ultimos anos.
Ouçam aqui e tirem as vossas conclusões:

Angrenost-Planet Muscaria


O novo album dos agora regressados Angrenost é uma autentica viagem pelo lado mais obscuro da mente humana, principalmente em termos da tematica lirica, já que parece retratar uma especie de realidade paralela onde o "eu" acompanha as reações e os efeitos de um universo marcadamente alucinogenico onde as portas da mente se abrem para novas e estranhas prespectivas.
E se neste aspeto nem convem entrarmos muito (pois estas coisas por vezes são demasiado pessoais e perigosas a meu ver), restava saber se a sonoridade conseguiria acompanhar toda esta estranha "narco-demência-cosmico-espiritual".
A resposta é claramente afirmativa, já que Angrenost não só consegue criar um trabalho com uma identidade propria como consegue que o album atinja uma plenitude intelectual que os coloca num patamar onde poucas bandas desta sonoridade conseguem chegar nos dias de hoje.
A complexidade sonora e o ambiente do album remete o ouvinte quase para algo proximo dos ambientes geralmente usados por certas bandas sonoras de alguns filmes de ficção-cientifica (Sunshine ou Event Horizon por ex e para mencionar duas das que me agradam mais em particular), principalmente quando os interludios ao longo do album se assumem como a ligação entre o corpo e o cosmos e as passagens da V-Kaos ("ScOrpIOSaUrUS" ou "abSUMardUk") são o fio condutor entre a irreal consciencia misantropa e o lado mais imaginario (ou não!) das palavras vociferadas pelo Pursan.
Musicalmente no seu todo e de uma forma mais simples é um daqueles registos onde se explora de uma forma quase perversa o lado mais aberto da pureza do Black Metal e se transforma tudo e apesar das coisas começarem no "INferN(O)" e se verem reflectidas num ")O(NrefNI" de uma forma que ás vezes nos acaba por soar ligeiramente a deja-vú, Angrenost conseguem mostrar que o legado deixado por uns Limbonic Art, Blacklodge ou até mesmo uns SiriuS ainda tem muito territorio para explorar, basta simplesmente ser ambicioso o suficiente para conseguir soprar toda essa poeira cosmica ou aspira-la da forma ou com a formula mais correcta e deixar que o lado mais obscuro da mente faça o resto..
E neste ponto o line-up do projeto que já tinha dado provas suficientes no album de Wavelength:Satan, parece ter capacidade para liderar e principalmente para construir um estranho culto onde não se reflecte luz e apenas sombras e vazio existem..
Para terminar apenas acrescentar que este Planet Muscaria é apenas mais uma excelente aposta de uma cada vez mais interessante Code666 que este ano já nos atirou para cima com o fabuloso album de Carpe Noctem e nos proximos tempos o segundo dos belgas Cult of Erinyes..talvez isto sejam mesmo as verdadeiras Spiritual Black Dimensions que os outros falavam aqui há uns anos atras..





Anagnorisis-Beyond All Light

De quando em vez surgem surpresas assim do nada, ainda mais em estilos que aparentemente vivem num impasse criativo e num beco sem saida, é o caso desta jovem banda norte americana chamada Anagnorisis.
Apesar da aparente brutalidade do nome, não estamos perante mais um daqueles projetos parvos do Brutal Death sem substancia ou que verse sobre o lado mais animalesco do ser humano.
Aquilo que se passa aqui é bem mais interessante e que nos remete para algo entre uns Anorexia Nervosa sem o lado demasiado classico misturado com sintetizadores ligeiramente inspirados pelo ambiente agoniante de The Angelic Process sem no entanto deixar a já habitual ligação ao lado mais viajante do Post de fora ou até mesmo a espaços o espirito de algum USBM.
É neste quadro que a banda deambula musicalmente, criando momentos flutuantes onde o lado mais violento do Extreme Metal se funde com o que de melhor se fez na ultima decada dentro do Black Metal mais (digamos) mainstream sem no entanto fazer com que os temas soem algo penosos para se escutarem ou as coisas se percam em tecnicismos em demasia para se tornar aborrecido.
Alias aborrecimento é algo que não parece existir ao longo destas seis faixas e até a propria produção ajuda a dar um toque cheio ao album fazendo com que se crie uma estranha neblina enquanto escutamos temas poderosos como o soturno Abyss, só para mencionar um dos mais obvios.
Um album que tem uma aura algo apocaliptica e uma intensidade um bocado fora do comum e que geralmente já não se consegue apanhar muito num registo deste tipo com as coisas a serem feitas e a notarem-se cheias de alma, honestas e sem truques para nos enganar.
Para terminar apenas acrescentar que esta banda talvez seja um dos tesouros mais bem guardados do atual USBM e só espero que não deixem que este album vos passe ao lado, e tal como indica o titulo isto vai claramente um pouco mais alem de toda a luz...
Recomendado.
Podem ouvir aqui:

Inquisition-Obscure Verses for the Multiverse


Inquisition devem ser provavelmente a banda mais Immortal de todo o sempre.
Começar uma critica assim é tão idiota como ver o Abbath a fazer aqueles passos de dança em palco, mas a diferença que aqui está entranhada é que a dupla americana (ou colombiana se preferirem) consegue fazer soar aquele extremismo metalico de uma forma totalmente diferente daquilo que o trio norueguês mostra.
Tambem podemos afirmar que isto é uma "copia chapada" de Immortal que tambem se aceitaria (a meu ver) mas um album assim talvez fosse algo que eles gostariam de lancar nos dias de hoje e é praticamente impossivel ao ouvirmos este album não desligarmos os cabos dos amplificadores dos nordicos por mais frases ou ideias contrarias que tentem dizer, escrever ou berrar aos sete ventos..mas vamos tentar não o fazer.
A novidade Obscure Verses For The Multiverse tem todas as caracteristicas para elevar Inquisition a um novo patamar onde já deviam de estar nem que fosse simplesmente pelos anos que já cá andam, se é bom ou mau..depende claro da vossa maneira de encarar a pureza do estilo, mas com um album deste calibre e com este sabor de facil acesso ás tantas ainda os vamos ver a "competir" com nomes como Watain pelo trono de novos salvadores de não sei bem o quê..
Falei em acessibilidade ou sensibilidade (que quase a roça o mau gosto do easy-listen), mas é realmente assim que as coisas funcionam, o album apesar de ser um dos mais extremos e violentos da discografia da banda, vive muito do efeito peganhento do riffs que em muitos casos fogem do Black Metal extremo para nos atirar para algo claramente influenciado pelo lado mais tradicional do Metal ou até mesmo do Rock, senão ouçam-se uma faixa como a Joined by Dark Matter, Repelled by Dark Energy, que consegue misturar um clima estranhissimo de varios estilos musicais sem se notar muito que a banda mete quase os dois pés fora da sua zona de conforto.
E é aqui que a banda consegue criar realmente um efeito tridimensional (para usar um termo á Inquisition) que não nos deixa sair deste multiverso que percorre varias galaxias de uma maneira hipnotica sem com isso soar destoado daquilo que sempre fizeram é quase como usar uma formula magica nos dias de hoje para agradar a toda a gente..é que no meio desse lado mais basico do estilo a dupla adiciona aqui e ali uns efeitos estranhos meio dissonantes que se vão enrolando naqueles riffs gelidos carregados de melodia que origina o tal efeito de facil escuta que falei em cima de uma forma enervante mas que acaba por funcionar como acontece na fantastica Infinite Interstellar Genocide que fecha o album.
Goste-se ou não dos caminhos que estão a entrar agora uma coisa é certa é impossivel não ficar indiferente ao horror cosmico que a banda cria e depois é um registo tão intenso que a escuta passa num instante e isto ás vezes apesar de não ser algo que me agrade já que não me faz puxar muito pela cabeça aqui tem uma vantagem de criar uma adição engraçada.
Fica aqui o trailer do album e já agora tambem uma referencia para o excelente artwork da coisa..



Premonições: Symptom-Caverns of Katabasis

Depois do excelente Opulent Atrocity, esta é a primeira amostra para o novo de Symptom..